Aventura e maior autonomia marcam os 11 meses do bebê 27/11/2018 Pitibebê

Os 11 meses do bebê são uma aventura! Sua autonomia permite que ele explore locais e objetos jamais alcançados.

Os 11 meses do bebê chegaram e o seu primeiro aninho de vida está bem próximo! Agora, ele tenta se equilibrar sozinho e quer se arriscar ainda mais degustando alimentos que segura com as próprias mãozinhas.

Em função de sua maior autonomia, o bebê também “assusta” os pais com situações que até então ele não se envolvia. Afinal, com o seu crescimento, é normal que ele vá em busca de novos lugares e situações.

Mas, as novidades dos 11 meses do bebê não param por aí. Confira o que a fase revela!

Autonomia e mais independência física

Apesar de continuar bem fofinho e requerer bastante cuidado, o bebê de 11 meses está mais independente. Ele anda segurando na mão de um adulto, estica o braço ou a perna na hora de se trocar e quer tomar água no copinho.

As aventuras também aumentam à medida em que ele consegue ficar em pé por mais tempo, engatinhar em “alta velocidade” e alcançar objetos que antes não conseguia. O bebê passa a se apoiar em três pontos de apoio, podendo ser duas pernas e um braço, dois braços e uma perna ou dois pés e o apoio do tórax em algum lugar.

O que ainda não mudou é o gesto de jogar tudo no chão e fazer com que alguém ajunte para ele. O ato continua engraçado e irresistível nos 11 meses do bebê!

O bebê brinca ao lado de outras crianças, mas não com elas

Agora, o bebê já brinca ao lado de outras crianças. No entanto, ele ainda não desenvolve essa atividade junto com elas, brincando de maneira paralela — o que é normal!

Para a tranquilidade e sensação de segurança do bebê, ele pode ter um bichinho de pelúcia, um paninho ou mesmo uma fralda como “objeto de estimação”. E é importante que os pais levem esse “amiguinho” sempre junto, principalmente se a família for passar a noite fora de casa.

A criança começa a gostar de livros

Ao pegar um livro, o bebê adora olhar e ficar virando as páginas. Mesmo que nem sempre ele consiga virar uma folha por vez, é um atrativo muito legal.

Além de agradar o pequeno neste momento, dar livros para ele se divertir também é um incentivo para familiarizá-lo com a leitura.

Os 11 meses do bebê pedem mais limites

Como assim, limites? É provável que nesta idade o bebê entenda algumas instruções simples, no entanto, ele pode ignorá-las. Por isso, quando os pais forem dizer “não”, eles devem ser firmes e não usar a palavra a todo instante.

Em virtude do desejo de explorar o mundo ao seu redor, isso pode ser mais forte do que as advertências que ele ouve de seus pais. Assim, é importante que a mamãe e o papai demostrem a forma correta de agir logo após repreendê-lo. Por exemplo: ao puxar o rabo do cachorrinho de estimação da família, os pais precisam dizer que a atitude “machucou o animal”. Em seguida, eles podem pegar a mãozinha da criança e fazer um carinho no dog.

Mais sons e palavras

Tentativas de novas palavras e mais sons se tornam frequentes vindos da boquinha do bebê, que passa a expressá-las com algum significado. Neste momento, como a capacidade cognitiva (principalmente da fala) está se desenvolvendo, é fundamental que os pais estimulem o interesse do pequeno pela linguagem. Basta responder às interjeições dele, tornando a comunicação uma via de mão dupla.

Além do vocabulário e o bom bate-papo, incentivar a memória com brincadeiras de esconder ou que juntem música e gestos, é uma ação maravilhosa para o desenvolvimento do bebê.

Os 11 meses do bebê são fascinantes! Ao mesmo tempo, exigem mais cuidado e atenção por parte dos pais em decorrência de uma fase marcada por novas aventuras e autonomia física. Do mesmo modo, as conversas e a imposição de limites também aumentam — tudo para que o desenvolvimento da criança seja o mais saudável.

Caso mamães e papais tenham alguma dúvida quanto ao desenvolvimento do bebê, o mais indicado é ter um contato direto com o pediatra ou outro especialista da área.

Categoria: Diversos

Receba via e-mail dicas especiais para cuidar de seu bebê!

Outros textos do blog Pitibebê

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.