Bebê: desenvolvimento mês a mês após o nascimento 28/08/2018 Pitibebê

Que tal acompanhar a jornada de desenvolvimento do bebê mês a mês? Comece por aqui e siga em direção ao primeiro mês do pequeno até completar 1 aninho.

Mamãe, já estávamos com saudades! Tanto que, a partir de hoje, vamos iniciar a nossa jornada pelo fantástico mundo do desenvolvimento do bebê. Você vai acompanhar uma série de conteúdos falando sobre o desenvolvimento do seu pequeno, do primeiro mês até o seu 1 aninho de idade.

Curiosa para saber o que vamos falar? Faça a leitura completa deste post para acabar com a sua curiosidade. Depois, é só ler os próximos conteúdos que vão crescer juntos com o bebê.

Preparada? Estamos ansiosos para começar. Vamos lá!

Respeito ao tempo do bebê

Por que começamos falando de respeito ao tempo do bebê? Nós que somos mamães e papais, ficamos atentos a qualquer novidade que o pequeno apresenta. Cada movimento é uma festa! O primeiro sorriso, as primeiras olhadinhas ao seu redor, o tchauzinho quando a gente sai de casa com o coração apertado por deixá-lo, o engatinhar, andar e… quando começa a chamar a mamãe e o papai. É emoção demais, não é mesmo?

Voltando ao respeito do tempo, para não perdermos o foco com tanta fofura, precisamos dizer que cada ser humano tem o seu desenvolvimento. Então, não precisa forçar nada e nem se preocupar demasiadamente se o seu pequeno não estiver exatamente igual ao que postamos por aqui. Combinado?

Conquistas dia a dia

Mesmo que o desenvolvimento do bebê mostre ter fases bem definidas, ele funciona de acordo com as conquistas do dia a dia de cada criança. Seu crescimento é lento, mas todos os dias ele avança ou pouquinho. Cada fase vai habilitá-lo para seguir à etapa seguinte.

O cérebro do bebê no comando

Mamãe, sabia que é o cérebro do bebê que vai comandar o desenvolvimento dele? Cada habilidade nova que você vai notar representa o aperfeiçoamento de uma anterior ou mesmo a combinação de outras que ele já aprendeu. O amadurecimento do seu filho vai acontecer por etapas.

Primeiro, o bebê vai firmar a musculatura dos olhos, em seguida sustentar o pescoço e o tórax. Depois, adivinha? Ele vai começar a ficar em pé. Tudo isso é relacionado à formação dos circuitos neurológicos.

Estimulando o bebê

Você já deve ter ouvido falar que estimular a criança é muito importante. Saiba que isso está totalmente certo, pois os estímulos naturais que ela recebe vão refletir em novas habilidades conforme os seus avanços. São as respostas que os adultos ficam “babando”.

Para estimular o bebê nos primeiros meses de vida, não é necessário fazer coisas mirabolantes. O afeto, interesse e os cuidados são estímulos naturalmente poderosos. Afinal, quem não gosta de carinho e atenção? O bebê adora e se sente mais seguro para desenvolver o seu potencial.

Além dos aspectos emocionais, os cuidados com a saúde do bebê, amamentação e a alimentação que vai mudando aos poucos, também fazem parte dos estímulos. O ambiente em que ele está inserido, como a sua casa, a creche, a casa dos avós e dos demais familiares que convivem com ele, ajuda em seu desenvolvimento.

 

Então, mamãe, gostou da prévia do que você vai encontrar a partir de agora? O próximo conteúdo vai falar do primeiro mês de vida do bebê. E assim vamos até que ele complete o famoso “1 aninho”!

Categoria: Gravidez

Receba via e-mail dicas especiais para cuidar de seu bebê!

Outros textos do blog Pitibebê

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.