Está se perguntando: como fazer papinha para bebê? 29/12/2017 Pitibebê

Resolvemos trazer, no artigo de hoje, dicas de como fazer papinha para bebê, além de outras informações importantes.

Desde 1991, a Organização Mundial de Saúde (OMS), em conjunto com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) empreendem um esforço mundial no sentido de proteger, promover e apoiar o aleitamento materno. As recomendações das entidades relativas à amamentação são:

  • As crianças devem fazer aleitamento materno exclusivo até aos seis meses de idade. Ou seja, até essa idade, o bebê deve tomar apenas leite materno e não deve dar–se nenhum outro alimento complementar ou bebida;
  • As crianças devem continuar a ser amamentadas, pelo menos, até completarem os dois anos de idade;
  • A partir dos seis meses de idade todas as crianças devem receber alimentos complementares (sopas, papas, entre outros) e manter o aleitamento materno.

Porém, nesse momento da introdução alimentar, podem surgir muitas dúvidas: qual a alimentação correta? Como fazer papinha para bebê? O bebê pode se engasgar, como evitar?

Por esse motivo, resolvemos trazer, no artigo de hoje, dicas de como fazer papinha para bebê, além de outras informações importantes. Acompanhe:

Introdução alimentar x como fazer papinha para bebê

No início da introdução alimentar, o bebê começa a provar as primeiras frutas e refeições salgadas nos intervalos da mamadas. O recomendado pelos pediatras é estabelecer horários fixos para criar rotina para os pequenos.

O alimento deve ser saboroso: vale amassar arroz e feijão, oferecer legumes e pedaços de carne ou frango para o bebê chupar.

Também pode ser interessante tentar o método BLW (Baby-led Weaning), em que a criança pode comer sozinha os alimentos inteiros ou pedaços grandes.

Como evitar o engasgo do bebê?

Um estudo realizado nos Estados Unidos e divulgado pela revista científica Pediatrics revelou que, de 2001 a 2009, aproximadamente 112 mil crianças de 0 a 14 anos passaram por hospitais após engasgar com alimentos – o que resulta em 34 casos por dia.

As crianças com menos de um ano de idade representaram 38% dos atendimentos. Entre os protagonistas da causa de engasgo em bebês estão: as balas (especialmente as duras), carne e ossos ou espinhas.

Por isso, além de evitar os alimentos acima, nunca (mas nunca mesmo) ofereça alimentos para crianças até um ano de idade, como:

  • Amendoim
  • Pipocas
  • Salsicha
  • Cacho de uva
  • Pães e bolachas

Além disso, faça das horas das refeições um momento tranquilo. Evite fazer seu filho dar muita risada nesse momento. O fato de ele estar agitado atrapalha a mastigação e a deglutição e pode facilitar o engasgo.

Voltando ao início do post, agora, vamos dar dicas de como fazer papinha para bebê. Confira abaixo:

Como fazer papinha para bebê

Higienização

Antes de qualquer de tudo, lave cuidadosamente as mãos e os ingredientes.

Lave-os sob a água corrente, esfregando bem, mesmo que vá descascar. Pode usar até detergente neutro, enxaguando bem depois.

A água sanitária é um ótimo agente de limpeza. Basta deixar o alimento cru de molho em água com um pouco do produto (uma colher de sopa por litro), por pelo menos 15 minutos.

Na sequência, é só escorrer e enxaguar com vigor em água corrente para evitar um gosto um pouco desagradável.

O vinagre também é muito utilizado na higienização caseira de frutas, legumes e verduras. Porém, ele não é considerado eficiente para eliminar microrganismos pelos médicos.

Preparação da papinha de bebê

Para preservar o máximo dos nutrientes, procure não ferver as verduras e os legumes em água e depois jogar a água fora. Se precisar cozinhar em água, use a menor quantidade possível.

No começo, tudo deve ser bem molinho. Por isso é bom cozinhar tudo muito bem – fica mais fácil para amassar com o garfo e formar uma papinha. Uma dica é usar uma panela de pressão.

Procure comprar carne e frango do dia. Retire a pele e a gordura antes de cozinhar. No começo, dependendo da orientação do pediatra, só o caldo da carne pode ser utilizado.

Depois de algumas semanas poderão ser batidos no liquidificador ou processador. Quando o bebê completar 10 meses, a maioria dos pediatras permite que os pais ofereçam alimentos cortados em pedaços bem pequenos ou desfiados.

Gostou do conteúdo de hoje sobre como fazer papinha para bebê? Conte pra gente nos comentários abaixo agora mesmo! Nós vamos continuar a produzir mais textos sobre o assunto! Por isso, continue acompanhando as novidades do nosso blog!

 

Categoria: Saúde do Bebê

Receba via e-mail dicas especiais para cuidar de seu bebê!

Outros textos do blog Pitibebê

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.