Cuidados com o bebê: conforto e segurança do jeito certo! 03/11/2017 Pitibebê

Neste post, trazemos algumas dicas de cuidados com o bebê para garantir conforto e segurança da maneira certa!

A chegada de um bebê exige muita atenção por parte dos pais para muitas atividades. Por isso, um bom planejamento é primordial para garantir a segurança e o conforto da maneira correta.

É importante lembrar que por mais que o papai e a mamãe de primeira viagem tenham se informado e se planejado sobre os cuidados com o bebê, é primordial ter em mente que tudo deve ser checado antes do nascimento do pequeno (a).

Por isso, no artigo de hoje, trazemos algumas dicas de cuidados com o bebê para garantir conforto e segurança da maneira certa! Acompanhe:

Cautela com o perigo de afogamento

Infelizmente, a maioria dos afogamentos com bebês até dois anos de idade ocorre em banheiras, vasos sanitários e até mesmo baldes. A primeira causa de afogamento com crianças é a falta de supervisão. As estatísticas são cruéis: a maioria desses tipos de acidentes aconteceu por descuido de “segundos” dos pais ou cuidadores.

Riscos em acidentes com veículos podem ser evitados com o uso correto da cadeirinha

Você sabia que em um acidente com veículo automotor, uma cadeirinha de segurança instalada e usada corretamente reduz em 71% o risco de um bebê morrer? Além disso, o uso do acessório traz mais segurança e, em caso de acidentes, diminui os riscos de lesões graves. Interessante, não é mesmo?

Porém, infelizmente, estima-se que grande parte das crianças está sendo transportada no carro desprotegida, de maneira incorreta. De acordo com o Ministério da Saúde, o número de morte de crianças no trânsito caiu pouco mais de 20% desde que o uso da cadeirinha passou a ser obrigatório, em 2010.

A utilização da cadeirinha é recomendada em qualquer trajeto, desde a saída da maternidade até viagens mais longas. Os bebês devem ficar no bebê-conforto, instalado de costas para o movimento do veículo, até completarem um ano de idade e pesarem pelo menos 13 Kg.

Nunca coloque a criança no banco da frente de um carro. Sempre consulte o Guia da Cadeirinha.

Evitar quedas é essencial aos cuidados com o bebê

Sabe quando você vai fazer a troca e nunca poderia imaginar que um bebê tão pequeno pode virar ou rolar e cair do trocador? Por isso, é bom ficar sempre em alerta, pois mesmo os bebês muito pequenos podem se movimentar e cair.

Entre os principais responsáveis por quedas com bebês estão os móveis, as escadas e os andadores. Este último é responsável por mais acidentes que qualquer outro produto infantil destinado a crianças de cinco até 15 meses. A maior parte das lesões resulta de quedas em escadas ou simplesmente de tropeços quando estão no andador.

Teste sempre a temperatura da água na hora do banho

Checar a temperatura da água do banho é um dos importantes cuidados com o bebê. Você pode usar um termômetro exclusivo para medir a temperatura da água ou mesmo o dorso da mão ou o cotovelo, movimentando a água de um lado para o outro para misturar toda a água quente com a fria.

A escolha do berço deve ser criteriosa

Ter cautela em relação ao berço é um dos cuidados com o bebê essenciais. Busque berços certificados pelas normas de segurança da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). É importante também ter atenção em relação às grades de proteção do berço, que devem estar fixas e não devem ter mais que seis cm (centímetros) de distância entre elas.

Além disso, é necessário tirar do berço todos os brinquedos, travesseiros e objetos macios quando o bebê estiver dormindo, para reduzir o risco de sufocamento. Por falar em sufocamento, confira o item abaixo:

Tome cuidado com o sufocamento

É importante comprar apenas brinquedos apropriados para o bebê com o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO). E nunca esqueça que objetos pequenos e partes pequenas de brinquedos podem causar sufocação. Cheque também as indicações de idade no selo do Inmetro.

O uso de protetores de berço também merece muita atenção, pois dependendo do tipo de protetor, o bebê corre o risco de sufocamento.  Busque um modelo adequado, sem tantos detalhes aplicados, por exemplo. Eles podem se tornar um sério risco para a criança.

O que você achou do conteúdo de hoje sobre os cuidados com o bebê? Ele foi útil para você ou mesmo com estas dicas ficou alguma dúvida? Conte para a gente nos comentários!

Categoria: Saúde do Bebê

Receba via e-mail dicas especiais para cuidar de seu bebê!

Outros textos do blog Pitibebê

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.