5 dicas importantes para organizar a bolsa de maternidade 27/11/2017 Pitibebê

No post de hoje, vamos mostrar algumas dicas importantes para organizar e os itens que não podem faltar na hora de montar a bolsa de maternidade. Vamos lá?

O grande dia de você ouvir o chorinho, olhar no rostinho e sentir o seu bebê está quase chegando… Os preparativos estão quase todos prontos: berço, enxoval, e você já está super preparada para a amamentação. Porém, você está um pouco confusa sobre como montar a bolsa da maternidade.

O ideal é não deixar a organização da bolsa da maternidade para última hora, pois, à medida que o tempo vai passando e a barriguinha crescendo as chances de você ficar mais cansada são maiores e a sua disposição para montar a bolsa pode ser menor.

Por isso, assim que decidir a maternidade em que o bebê vai nascer e qual será a lista de enxoval (cada maternidade dispõe de sua própria lista com algumas adaptações) é a hora de colocar a “mão na massa” e organizar as roupinhas.

Por esse motivo, no post de hoje, vamos mostrar algumas dicas importantes para organizar e os itens que não podem faltar na hora de montar a bolsa da maternidade. Vamos lá?

#Dica 1 – Quando organizar a bolsa de maternidade

O recomendado é que a bolsa da maternidade esteja prontinha um mês antes do parto, ou seja, com no máximo 36 semanas de gestação.

Levando em consideração que a mamãe e o bebê podem ficar de dois a três dias na maternidade, dependendo de qual será o tipo de parto, a seguir listamos algumas sugestões de como montar a bolsa de maternidade.

#Dica 2 – Roupinhas lavadas e passadas

Como a pele do recém-nascido é muito sensível e suscetível às alergias e reações químicas das menores partículas de produtos e bactérias que possam estar presentes nas roupinhas – mesmo as novas ou as que são herdadas da família – é imprescindível lavar as roupinhas que vão para a bolsa de maternidade e todas que o bebê irá usar.

#Dica 3 – Como preparar as roupas

A dica para a hora de organizar é fazer kits com as trocas de roupas completas, organizando-as em saquinhos para agilizar o momento de vestir o bebê.

A mamãe pode utilizar saquinhos plásticos (estilo “ziplok”) ou até saquinhos de tule, que são muito lindos e delicados.

O kit pode ser composto de uma calça, um body, uma calça, um par de meias e um macacão. Dessa forma, tudo fica arrumado para receber aquele corpinho cheiroso e delicado.

#Dica 3 – O que levar para o bebê

Inicialmente, é importante levar em consideração qual o clima da cidade e a época do ano que o bebê irá nascer.

  • Alguns produtos de higiene para o bebê (fraldas, lenços umedecidos, pomadas) são fornecidos em algumas maternidades, informe-se com antecedência na sua maternidade se você precisa levar esses itens;
  • 6 bodies manga longa;
  • 6 calças com e/ou sem pezinhos;
  • 6 meias;
  • 6 macacões (3 mais fresquinhos e 3 mais quentinhos);
  • 2 mantas (uma mais leve e outra mais grossa);
  • 2 casaquinhos (mais quentinhos, se for inverno);
  • 3 paninhos de boca;
  • 3 fraldas de pano;
  • 2 toalhas de banho (aquelas com o forro de fralda, bem macia);
  • 1 sapatinho (confortável);
  • 1 conjunto para a saída da maternidade;
  • Pente/escova para usar se o bebê for cabeludinho;
  • Um saquinho para roupa suja.

#Dica 4 – O que levar para a mamãe

Não se esqueça de que o seu corpo pode demorar um pouquinho para voltar ao que era antes da gestação. Por isso, que tal apostar em peças lindas mais soltinhas e confortáveis?

  • Peças confortáveis (de preferência com abertura na frente para auxiliar na amamentação);
  • 1 roupão;
  • 5 calcinhas (preferencialmente de cós alto de baixa e média compressão);
  • 3 sutiãs de amamentação;
  • 1 cinta pós parto;
  • 3 camisolas / pijamas (preferência com abertura no seio);
  • 1 chinelo para banho;
  • 1 pantufa / sapatilha;
  • 2 pares de meias;
  • 1 muda de roupa para a saída da maternidade;
  • 1 nécessaire com produtos de higiene pessoal;
  • 3 pacotes de absorventes;
  • Conchas e protetores de seio;
  • 1 garrafa de água.

#Dica 5 – Preciso levar algum documento?

Sim. Para ajudar no atendimento hospitalar e também na hora de registrar o bebê dentro da maternidade é importante ter em mãos. Para facilitar, você pode colocar todos os documentos em uma pastinha dentro da bolsa de maternidade:

  • Carteira do convênio (autorizações prévias);
  • Exames realizados no pré-natal (carteirinha do pré-natal, exames de sangue, ecografias);
  • Carteira de identidade e CPF.

O que você achou do conteúdo de hoje sobre dicas importantes sobre bolsa de maternidade? Ele foi útil para você? Conte para a gente nos comentários abaixo agora mesmo!

Categoria: Diversos
[contact-form-7 id="60" title="Receba Dicas" html_name="dicas-pitibebe"]

Outros textos do blog Pitibebê

4 Comentários

  • Schaiany Lima disse:

    Adorei as dicas! Muito importante, pois ajuda muito principalmente para nós, mamães de primeira viagem.

    • Pitibebê disse:

      Oi Schaiany, que bom que você gosta dos nossos conteúdos! Nosso blog está repleto de muitas informações para todas as mamães! Continue acompanhando e caso tenha alguma dúvida estamos à disposição! Abraço!

  • Giulia Carioni Pinheiro disse:

    Dicas fundamentais e muito importantes, eu sou super preparada e gosto de me antecipar nos preparativos. revisei a lista para ter certeza de que não esqueci nada. Muito obrigada!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.