Quando o bebê começa a mexer na barriga? 12/03/2018 Pitibebê

Quem falou que não existe unanimidade, certamente não pensou nas mamães. Todas querem saber: “quando o bebê começa a mexer”? Descubra agora!

Pergunta de 10 entre 10 mamães: quando o bebê começa a mexer? Esse é um dos momentos mais emocionantes da gravidez! Seja para quem vai sentir um ser pequenininho se mexendo ou para o papai e os demais familiares que vão adorar colocar a mão na barriga da mamãe.

A expectativa para esse momento é ainda maior para as mamães de primeira viagem, pois elas não sabem como serão as reações. No entanto, o significado das primeiras mexidas do bebê segue muito especial para as mulheres que já eram mamães.

Mas, voltamos à pergunta que dá nome ao nosso conteúdo: quando o bebê começa a mexer? Continue a leitura, descubra a resposta e muito mais sobre o assunto.

Os primeiros movimentos: a mamãe não sente

A notícia não era bem a que você esperava, nós sabemos! Entretanto, há uma explicação convincente para isso: o bebê tem grandes chances de estar se mexendo no útero a partir da 10ª semana de vida. Mesmo antes dessa fase, ele fazia alguns movimentos, mas como ainda não tinha nem o esboço de braços e pernas, a movimentação era menor. Ainda assim, quando já está desenvolvendo esse esboço, a mamãe não vai sentir porque a quantidade de líquido amniótico que envolve o feto é bem maior que os 2,5 centímetros de comprimento e suas 3 gramas de peso.

Explicado? Como você viu, é improvável que alguma mamãe vá sentir a mexida de um ser tão pequeno nessa fase.

É agora: quando o bebê começa a mexer

No começo, você vai sentir movimentos suaves. A maioria das mamães descrevem estar sentindo como se algo estivesse passando de um lado para o outro na barriga. Essa sensação tem origem no deslocamento da água que o próprio feto está provocando, mais do que os pequenos choques com o organismo materno.

Depois de 3 a 4 semanas é que a mamãe sente os famosos “chutinhos”. O que não quer dizer que sempre será um chute, podendo ser um soco ou cabeçada.

Esses primeiros movimentos acontecem quando o bebê começa a mexer de uma forma que a mamãe vai notar. O acontecimento marcante na vida de todas as mamães tem início entre a 18ª e a 20ª semana de gestação. Neste momento, o bebê chega a medir 18  centímetros e pesar cerca de 500 gramas.

O bebê começa a se espreguiçar

Quando o bebê começa a mexer, ele também dá início aos seus movimentos coordenados. O amadurecimento do sistema nervoso é que determina as ações do feto dentro da barriga da mamãe.

O bebê começa a levar a mão à boca, nariz e aos olhos, além de piscar e engolir. E por voltar da 24ª semana, um movimento que fica frequente é o espreguiçar. O pequenino estira os braços e pernas por vários momentos, fortalecendo seus músculos.

Conforme essas espreguiçadas se tornam mais evidentes, a barriga da mamãe revela um “calombinho”. De modo geral, é o calcanhar do bebê.

Segundo especialistas, por volta da 32ª semana de gravidez, muitas mamães sentem outro tipo de movimento do bebê, que se repete como se fosse um soluço. É o pequenino simulando a respiração. Embora fique dentro de um meio líquido e ainda não use os pulmões, o bebê movimenta a musculatura respiratória, numa espécie de treino.

De olho no ritmo e encaixe

O ritmo que o bebê leva dentro da barriga deve ser observado, especialmente nos casos em que a mamãe apresenta uma gravidez de risco, é hipertensa ou tem diabete. Esse ritmo é melhor observado a partir da 34ª semana de gravidez.

Especialistas indicam ainda, que as mamães que costumam conversar com o bebê, sentem ele se agitar mais dentro da barriga. Isso porque o pequenino está sendo estimulado pela liberação de hormônios da sua mamãe.

No tempo em que é menor que o diâmetro do útero, o bebê dá milhares de voltas na barriga.No entanto, como a cabeça é a parte mais pesada do seu corpinho, em decorrência da gravidade, ele costumeiramente fica de cabeça para baixo. Essa movimentação ocorre por volta de 15 dias antes do parto, ou a partir da 38ª semana de gravidez.

Na sequência, a barriga da mamãe baixa e ela começa a notar que sua respiração está melhor e os chutes do bebê diminuíram. O motivo é a concentração do pequenino para vir ao mundo aqui de fora.

 

Mamãe, quando o bebê começa a mexer, a sensação é maravilhosa e o momento ficará eternizado na sua memória!

Conte para a gente: gostou do conteúdo sobre quando o bebê começa a mexer? Compartilhe sua experiência nos comentários. Aproveite e continue acompanhando o blog e fique por dentro de tudo sobre os cuidados com você e seu bebê!

 

Categoria: Diversos
[contact-form-7 id="60" title="Receba Dicas" html_name="dicas-pitibebe"]

Outros textos do blog Pitibebê

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.