Descobrindo as mãozinhas: os quatro meses do bebê 09/10/2018 Pitibebê

Os quatro meses do bebê tem mãozinhas balançando, objetos à boca e conquistas significativas. É hora de brincar de esconde-esconde com o rosto.

Mãozinhas para cima, os quatro meses do bebê estão aí! Seguindo nosso roteiro baseado na vida do bebê, vamos falar da fase que é marcada pelo descobrimento das mãozinhas. Elas se tornam, juntamente com a boca, protagonistas de momentos inéditos.

Mamães e papais que acompanharam os posts dos três primeiros meses de vida aqui no blog, agora se preparam para saber mais sobre os quatro meses do bebê — se você não leu os conteúdos anteriores, eles estão aqui: 1 mês, 2 meses e 3 meses.

A partir de agora, vamos mergulhar no quarto mês de vida do bebê. Acompanhe todo o conteúdo!

Conhecendo o seu corpo

Os quatro meses do bebê são marcados por muitas descobertas, principalmente em função de conseguir mexer mais as mãozinhas. Ele passa a conhecer e explorar mais o seu corpo, pegando os pézinhos e também suas genitais.

Quando ele toca os seus calcanhares, é sinal de que começou a usar a musculatura da perna. O movimento representa algo que mais tarde será um treino para engatinhar.

Mais ativo durante o dia, mais soninho à noite

Uma boa notícia para mamães e papais: o bebê começa a dormir praticamente a noite toda! Como ele está mais ativo durante o dia, na parte da noite é normal que ele tenha mais sono e durma por um um tempo maior nesse período.

O sorriso do bebê também é mais frequente e ele gosta de brincar de “esconde-esconde” com as pessoas da sua convivência. É aquela brincadeira gostosa de esconder o rosto com as mãos e surpreendê-lo ao mostrar um semblante sorridente para ele — aposto que essa cena está se desenhando aí na sua cabeça.

Entre suas conquistas, também estão o fato dele seguir objetos em até 180 graus e permanecer com a cabeça mais firme e equilibrada quando está de bruços. O bebê também começa a chorar quando fica sozinho.

Falando em dormir, temos um conteúdo bem legal sobre as posições mais indicadas para o bebê dormir.

A boca segue como aliada muito presente nos quatro meses do bebê

Com o reforço de mãos mais atentas, a boca segue como uma companheira bem presente na vida do bebê. Levar os objetos, que agora ele pega com mais facilidade, à boca, torna-se uma ação mais frequente.

Quem nunca viu uma criança levando objetos até a boca, não é mesmo? É bonitinho, mas é preciso que mamãe e papai fiquem de olho para a criança não engolir nenhum objeto.

As mãozinhas fazem a festa

Os quatro meses do bebê são marcados pelas tentativas do pequeno em pegar objetos suspensos e passá-lo de uma mão para a outra. Muitas vezes ele consegue, viu!

O bebê balança mais as mãozinhas quando está agitado ou escuta vozes familiares. Os gestos empolgam a todos: “olha que lindo, ele mexendo as mãozinhas!” Além disso, adora ficar olhando para os seus dedinhos e brincar com eles.

Lembrando que as mãos do bebê devem se abrir, apresentando assim um sinal de desenvolvimento.

Sons e movimentos da boca de outras pessoas

No quarto mês, a linguagem avança e o bebê tem maior percepção de sílabas e palavras. Inclusive, o pequeno percebe que os sons são em decorrência dos movimentos da boca de quem está falando.

Falando em sons, o bebê começa a levantar mais o tórax para ouvi-los.

 

Os quatro meses do bebê são mesmo maravilhosos, não é? Aquelas mãozinhas fofas levam ele a descobertas fascinantes em um mundo que ele está começando a explorar.

Caso mamães e papais tenham alguma dúvida quanto ao desenvolvimento do bebê, o mais indicado é ter um contato direto com o pediatra ou outro especialista da área. 

Categoria: Diversos

Receba via e-mail dicas especiais para cuidar de seu bebê!

Outros textos do blog Pitibebê

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.