Sintomas de depressão pós-parto, fique atenta! 13/12/2017 Pitibebê

Você conhece os sintomas de depressão pós-parto? Saiba quais são os sintomas mais comuns e como tratar esse distúrbio. Leia mais!

A depressão pós-parto é mais comum do que se imagina. Ela é muito facilmente confundida com a exaustão da mulher após o bebê nascer. É fundamental estar atenta aos sintomas específicos desse distúrbio que pode ser muito grave.

O cenário da depressão pós-parto nem sempre é identificado pela mamãe ou pela sua família. Por esse motivo, é muito importante que você leia esse texto sobre os sintomas de depressão pós-parto.

Nos primeiros dias depois do nascimento do bebê, é normal que a mamãe sinta alguns dos sintomas que estão logo abaixo, aqui no texto. Ela está cansada e se acostumando com a nova vida que chegou para fazer parte da sua. Contudo, se os sintomas continuarem após duas semanas, é hora de procurar ajuda.

Sintomas de depressão pós-parto

Mesmo que a criança tenha nascido perfeita e esteja promovendo vários momentos de muita alegria na família, um sentimento parecido com melancolia pode estar ocupando espaço na cabeça da mamãe.

Nesse momento, o papel da família é muito importante. Sentir a compreensão e o apoio familiar para buscar ajuda médica tem papel decisivo na recuperação da mamãe.

Fique atento (a) aos seguintes sintomas:

  • Tristeza de forma constante
  • Desânimo e muito cansaço
  • Ansiedade e excesso de preocupação
  • Sentimento de culpa
  • Pouco interesse ou rejeição ao bebê
  • Insônia
  • Baixa auto-estima
  • Medo de ficar sozinha
  • Falta de apetite
  • Perda ou ganho de peso excessivo
  • Falta de prazer em atividades diárias

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico preciso só pode ser feito por profissionais capacitados para tal assunto, como psicólogos, psiquiatras, endocrinologistas, ginecologistas e obstetras.

Relatar a um desses profissionais os seus sintomas é muito importante. Se achar necessário, leve anotado todos os sintomas que que estão lhe incomodando. Desta forma, será mais fácil chegar ao diagnóstico.

No caso de estar dentro do período das duas primeiras semanas de gestação, o médico pode solicitar que a mamãe aguarde por mais um tempo, antes de dar o diagnóstico. Isso porque, como falamos anteriormente, alguns sintomas de depressão pós-parto são comuns nos primeiros dias.

Tratamentos

Existem diferentes formas de tratamentos para a depressão pós-parto, assim como podem haver combinações entre eles. Os mais recomendados são através de medicação ou psicoterapia.

Remédios

Remédios antidepressivos são comumente utilizados e devem ter acompanhamento profissional. O tempo de tratamento pode variar de acordo com o progresso da paciente. Mas, em poucas semanas os resultados positivos podem começar a aparecer.

Psicoterapia

A psicoterapia pode ter um papel muito importante na prevenção e no tratamento dos sintomas de depressão pós-parto. Através de consultas, também chamadas de sessões ou encontros, a psicoterapia é indicada para ambos os pais.

Sintomas de depressão pós-parto no homem

A depressão pós-parto não é exclusividade das mulheres, sabia? Os homens também podem sofrer desse distúrbio e é preciso ficar atento (a) aos sintomas para oferecer ajuda. Suas responsabilidades como pai e o desejo de oferecer uma vida tranquila ao filho (a) podem ser fatores que o façam sentir alguns desses sintomas.

Veja quais são os principais sintomas de depressão pós-parto em homens:

  • Perda ou ganho de peso excessivo
  • Muita ou pouca vontade de comer
  • Inquietação ou indisposição para realizar atividades
  • Dormir muito ou pouco tempo
  • Cansaço excessivo
  • Sentimento de culpa ou indignação
  • Falta de concentração
  • Dificuldade para tomar decisões
  • Preocupações desnecessárias
  • Ansiedade em excesso

Psicose pós-parto

Os casos de psicose são mais difíceis de acontecer. Mas, se acontecerem, o tratamento deve ser imediato.

A psicose é um estágio mais avançado da depressão pós-parto. Os cuidados com a mamãe devem ser ainda maiores, já que o comportamento nesses casos podem envolver confusão mental, alucinações, obsessão pelo bebê ou tentativas de fazer mal a si mesma ou ao bebê.

Como na depressão pós-parto, somente um profissional poderá fazer o diagnóstico da psicose.

E aí, gostou do tema de hoje? Fique atenta aos sintomas de depressão pós-parto. E não esqueça de mostrar esse conteúdo para a sua família e amigas. Continue acompanhando, acesse o nosso blog e fique sempre bem informada.

Categoria: Diversos

Receba via e-mail dicas especiais para cuidar de seu bebê!

Outros textos do blog Pitibebê

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.